Associação Seawoman

Seawoman, foi a designação dada a um projeto iniciado em 2002 de apoio ao treino e ao desenvolvimento de equipas femininas de Vela, preparadas para competir no circuito mundial de Match Race.

Esta disciplina da vela é considerada como uma das vertentes mais exigentes em termos técnicos e táticos da modalidade. O Match Racing era na altura muito pouco acessível a atletas do sexo feminino, por envolver tripulações de alguma dimensão e pela dificuldade de acesso a embarcações de maior dimensão. O papel do Seawoman no desenvolvimento do Match Race feminino foi internacionalmente reconhecido em particular no papel que teve no apoio ao surgimento de equipas nos países do sul da Europa.


Entre 2002 a 2011 a Seawoman criou e desenvolveu programas de treino específicos para o ensino desta disciplina, e esteve envolvida em inúmeros estágios e competições em Portugal e no estrangeiro. Em colaboração com Associação Naval do Guadiana, a Seawoman manteve em Vila Real de Santo António, a sua base de treinos que serviu de centro de estágio para várias equipas estrangeiras. Em 2003, esteve diretamente envolvida na criação do primeiro Campeonato de Portugal Feminino de Match Racing e mais tarde num conjunto de provas internacionais realizadas em Portugal.

Nas equipas Seawoman competiram 101 velejadoras de 16 nacionalidades, com idades compreendidas entre os 14 e os 60 anos. A Seawoman, desde a sua génese, promove a multiculturalidade, a inclusão, a igualdade, a não descriminação e o respeito pela pessoa.

Em 2014 foi constituída como associação, ganhando a designação de “Seawoman - Associação para a Promoção da Mulher através do Desporto e Atividades Náuticas”. Com preocupação social, ambiental, cultural, mas também de saúde e promoção da qualidade de vida, a Seawoman faz uso das valências multidisciplinares dos elementos que a constituem para criar e desenvolver projetos, tendo por base o desporto náutico e em particular a Vela, que motivem para estas diferentes vertentes.

Como associação, tem como principio fundamental que todas as suas ações têm por finalidade abraçar uma causa, seja ela individual, coletiva, social ou outra. A sua estratégia para os próximos 4 anos assenta em 3 pilares: competição, formação e apoio social.

O Vela+ é o primeiro projeto Seawoman de cariz social, especificamente desenhado para a promoção da atividade física regular na população sénior com mais de 55 anos.